5 dicas para escolher o piso de madeira ideal

Você sabia que escolher a opção correta de piso laminado de madeira pode ajudar na valorização do seu imóvel? De acordo com uma matéria da Exame (disponível em: exame.com.br)  mostrou que aspectos ligados à decoração imobiliária podem valorizar a propriedade em até 30%.

Nesse sentido, escolher um piso laminado de madeira é fundamental, uma vez que essa alternativa custa menos do que um piso de madeira e é mais resistente do que o carpete de madeira.

Contudo, você sabe o que analisar na hora de escolher o piso ideal? Então, leia este artigo até o final!

Valorize sua decoração

Uma dúvida comum na hora de escolher o piso laminado de madeira é se ele deve ter a mesma cor da mobília. Apesar de parecer uma boa escolha para algumas pessoas, nós não recomendamos. Busque uma variação nos tons, nem que seja algo gradual, para evitar que o ambiente tenha uma aparência monótona.

5-dicas-para-escolher-o-piso-de-madeira-ideal

O contraste entre um piso mais escuro e móveis mais claros pode ficar bastante elegante. Para que essa ideia funcione, não se esqueça de analisar a iluminação do cômodo.

Agora que conceituamos a importância do contraste na escolha do piso com os móveis, vamos explicar algo igualmente importante que precisa ser planejado antes de comprar a mobília. Sempre considere a resistência do piso laminado de madeira. Para ser considerado um piso laminado, o material deve ter determinada resistência à abrasão — comprovada por meio de testes. Desse modo, os pisos podem ser divididos em quatro categorias: AC2, AC3, AC4 e AC5.

As duas primeiras são recomendadas para uso doméstico, sendo que os pisos AC2 são sugeridos para ambientes que receberão pouco tráfego de pessoas, como quartos e salas. Já os pisos laminados de madeira AC3 podem ser usados no hall de entrada ou corredores. As outras duas opções são de uso comercial como lojas e escritórios, uma vez que apresentam uma grande resistência ao desgaste causado pelo número de visitantes.

Continuando as explicações a parte mais técnica dos pisos, a temperatura é fundamental para contribuir com um ambiente adequado para seus interesses. Ao contrário do revestimento de cerâmica, o piso laminado de madeira é considerado de temperatura quente. Isso quer dizer que o morador não sentirá desconforto ao ter contato direto com o material em sua pele. É comum que essa opção de revestimento seja usada com o objetivo de trazer aconchego ao cômodo. Por essa razão, não é usual que pessoas usem esse tipo de revestimento em ambientes como áreas externas, por exemplo.

5-dicas-para-escolher-o-piso-de-madeira-ideal-2
Para realizar a limpeza do piso, é importante se atentar em alguns detalhes. O piso laminado de madeira deve ser higienizado com um pano úmido. Evite molhá-lo em excesso e jamais use equipamentos pesados como enceradeiras, esfregões etc. Caso você tenha um animal de estimação, adestre-o para que ele não faça suas necessidades no chão. Caso isso não seja possível, troque o piso laminado por uma opção mais resistente, como já mencionado anteriormente. Lembre-se de aparar as unhas do seu bichinho para evitar arranhões no seu piso.

Como vimos, o piso laminado de madeira é uma opção vantajosa para o seu imóvel, uma vez que traz todas as características da madeira, mas exige um investimento menor.

Depois de explicado as vantagens e os cuidados necessários, vamos acabar uma dúvida comum. Algumas pessoas afirmam que o piso laminado de madeira não oferece uma solução acústica, fazendo com que o vizinho do andar inferior se incomode quando um móvel é arrastado, por exemplo. Isso não é bem verdade. Em primeiro lugar, é importante esclarecer que grande parte dos imóveis brasileiros não são projetados com o objetivo de oferecer um isolamento acústico adequado. O piso laminado pode apresentar uma redução de ruídos considerável se o instalador colocar corretamente a manta sob ele. Por isso, não se esqueça de contratar um profissional experiente para fazer essa instalação.

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Veja Também